Início/Notícias, Rede/Fundadora da Badu Design ganha o prêmio Hora de Brilhar

Fundadora da Badu Design ganha o prêmio Hora de Brilhar

A fundadora da Badu Design, Ariane Santos, recebeu nesta quinta-feira o prêmio “Hora de Brilhar”, iniciativa criada a partir da parceria entre Aliança Empreendedora, Unilever e a Escola de Você, plataforma de empoderamento feminino. Depois de passar por uma seleção com 1.400 mulheres, Ariane venceu o concurso na categoria “atuante”, destinada às empreendedoras que já possuem um negócio, e recebeu o valor R$ 5 mil para investir em melhorias.

O concurso faz parte do programa Hora de Brilhar, no qual dez mulheres são escolhidas para receber um treinamento online, além de ganhar uma viagem para São Paulo, onde recebem treinamento presencial exclusivo oferecido pela Aliança Empreendedora. Levam o prêmio as duas mulheres que mais se destacam nos desafios propostos – uma na categoria iniciante (conquistada pela paulista Bruna Salatta, que faz bolsas e mochilas artesanais) e outra na categoria atuante.

“Estou muito feliz. Esse é um reconhecimento a mais e uma prova de que estamos no caminho certo e de que as pessoas estão engajadas na nossa ideia de negócio. Os R$ 5 mil que a gente recebeu vão poder potencializar a produção, a inserção de novos produtos, fortalecer os grupos que já estão atuando e envolver outros”, afirma Ariane.

De acordo com a empreendedora, a participação no programa foi um grande aprendizado. “Está sendo tudo de bom saber que estamos voltando com toda uma visão nova, com dicas e orientações para melhorar. E eu digo que é muito mais do que o prêmio em dinheiro, é a interação entre as mulheres, é perceber que há sororidade entre todas. Criei laços, conexões de negócios e amizades que vão durar a vida toda”.

Trajetória Brilhante

A Badu Design é um negócio social que atua unindo empoderamento feminino e sustentabilidade a partir da produção de produtos como cadernos, bolsas e marcadores de página. Sua história é digna do prêmio que ganhou: brilhante!

A ideia surgiu em um difícil momento na vida de Ariane. Ela decidiu largar o emprego para cuidar avó que estava doente. Depois que avó faleceu, ficou sem dinheiro e entrou em depressão. “Tudo o que eu tinha eram R$ 30. Como eu gostava de encapar cadernos com tecido e via que os amigos achavam bacana, decidi usar esse dinheiro para comprar e produzir dez agendas. A Badu Design nasceu assim”.

Não contente em apenas ver seu negócio dar certo, Ariane percebeu que sua ideia poderia ajudar a transformar a vida de outras mulheres. Foi aí que decidiu ensinar as técnicas artesanais. Em três anos, ela já mudou a vida de mais de 50 mulheres, que viram a possibilidade de sair de situações de vulnerabilidade a partir da renda gerada com a venda dos produtos que aprenderam a fazer.

A Badu Design também foi uma das organizações capacitadas pelo Projeto Legado 2016 e vencedora do Prêmio Cereja do Bolo. Com o novo prêmio conquistado, Ariane vai poder continuar sua missão de transformar a vida de outras mulheres e permitir que elas também possam brilhar. “Eu volto para Curitiba fortalecida e empoderada para continuar a empreender por aí”.

31/03/2017|Notícias, Rede|