30 organizações e negócios socioambientais de todo o país terão um ano de capacitação gratuita

O Instituto Legado de Empreendedorismo Social lança a sexta edição do Projeto Legado, programa de aceleração que integra e capacita organizações dedicadas à transformação da realidade brasileira. O objetivo é que elas potencializem a expansão de seu impacto social, visando o fortalecimento do campo do empreendedorismo social. As inscrições podem ser feitas até o dia 9 de fevereiro.

Podem se inscrever associações, organizações não governamentais, fundações, institutos e negócios sociais com, no mínimo, um ano de funcionamento. Os interessados devem preencher um questionário online no site do Instituto Legado e enviar um vídeo de 2 minutos. Tanto o processo de inscrição quanto a participação do programa são totalmente gratuitos. O edital completo, com todos os pré-requisitos e exigências, pode ser acessado na página institutolegado.org/pl18/

As formações têm duração de um ano e incluem áreas como sustentabilidade financeira, gestão de projetos, comunicação e legislação. Por meio de encontros presenciais e online, os participantes são incentivados a criar cenários para suas atividades a curto, médio e longo prazo, de forma a criar melhores possibilidades de futuro para as comunidades em que atuam, com foco na expansão de impacto.

Por meio de formações na área jurídica, passando por aspectos de gestão financeira e comunicação, os beneficiários do programa recebem uma ampla dose de conhecimento e desafios práticos que visam amadurecer as instituições e proporcionar condições para que possam crescer e ampliar seu impacto social.

Vagas

Nesta edição, o Projeto Legado oferece 30 vagas para iniciativas de todas as regiões do país. O programa já capacitou instituições de Curitiba, Palmeira, Guarapuava, Maringá, Piên, Paranaguá e Minas Gerais. Parte do esforço em democratizar o acesso ao conhecimento se refletiu na última edição do programa, tendo como objetivo atingir os municípios com menor IDH do estado, com base em dados do IBGE.

A seleção é feita pelo Instituto Legado e por uma equipe de multidisciplinar de especialistas parceiros. São avaliados critérios como histórico da organização, embasamento da causa e atuação, impacto socioambiental, inovação, criatividade e visão de planos de futuro.

Prêmio Legado de Empreendedorismo Social

Ao final do processo de capacitação, as iniciativas sociais precisam criar e apresentar um projeto de expansão de impacto, que será avaliado por um time de profissionais ligados ao setor. Serão avaliados critérios como qualidade da apresentação, projeto apresentado e qualidade do processo que fez chegar a ele, relevância do projeto e capacidade prática de implementação. Os três projetos melhor estruturados e que mais se adequem aos critérios exigidos recebem o investimento financeiro de R$ 10 mil, que devem ser aplicados no projeto selecionado pela banca.

100 organizações em 5 anos 

Em 2017, o Instituto Legado atingiu a marca de 100 organizações apoiadas. Os cinco anos de atividade do programa contabilizam mais de 500 horas de capacitação e imersão ofertadas a mais de 200 empreendedores, sem contar os eventos de rede que visam reunir as instituições a fim de fomentar a sinergia de ideias.

Sobre o Instituto Legado

O Instituto Legado acredita que o Empreendedorismo Social é uma ferramenta eficaz para o desenvolvimento econômico e se propõe a ampliar o impacto de iniciativas sociais, causar transformações e deixar um legado. Atua em três frentes estratégicas: Capacitação, Educação Formal e Fortalecimento de Rede. A capacitação é executada por meio do Projeto Legado, programa que seleciona, capacita, conecta e investe em organizações sociais de alto potencial de impacto.

A segunda frente é a Educação Formal. Em parceria com a FAE Business School e o Amani Institute, o Instituto Legado estruturou a primeira pós-graduação em empreendedorismo e negócios sociais do Sul do Brasil. A terceira frente é o Fortalecimento de Rede, que promove e apoia ações sobre Empreendedorismo, Inovação, Negócios Sociais e Investimento de Impacto com a intenção de tornar Curitiba polo de discussões de relevância nacional e internacional. Para ajudar o fortalecimento da rede, há um ano criado o Legado Socialworking, um coworking exclusivo para negócios sociais.
Saiba mais em institutolegado.org