Início/Projeto Legado/Sexta edição do Projeto Legado está com inscrições abertas e vai selecionar 30 projetos socioambientais

Sexta edição do Projeto Legado está com inscrições abertas e vai selecionar 30 projetos socioambientais

Programa de aceleração oferecido pelo Instituto Legado vai selecionar 30 empreendedores de todo o país para um ano de capacitação gratuita. As inscrições estão abertas até 09 de fevereiro.


O Instituto Legado de Empreendedorismo Social lançou a sexta edição do Projeto Legado, programa de aceleração gratuito que integra e capacita organizações que atuam em causas sociais ou ambientais. Em cinco anos de atuação, o PL já atendeu mais de 100 instituições brasileiras, contabilizando mais de 500 horas de atividades para mais de 200 empreendedores. As inscrições para 2018 já estão abertas e podem ser feitas no link https://institutolegado.org/pl18/.

Podem participar do programa associações, organizações não governamentais, fundações, institutos e negócios sociais com, no mínimo, um ano de funcionamento. Os interessados devem preencher um questionário online no site do Instituto Legado e enviar um vídeo de dois minutos até o dia 09 de fevereiro. Todas informações e pré-requisitos estão disponíveis no edital.

Nesta edição  serão selecionadas 30 iniciativas de todas as regiões do país. Durante as edições anteriores, o programa capacitou instituições de cidades como Palmeira, Guarapuava, Maringá, Piên, Paranaguá, Belo Horizonte, além de Curitiba e região metropolitana. O objetivo é democratizar o acesso a conhecimentos especializados e contribuir com a transformação da realidade brasileira. A seleção é feita pelo Instituto Legado e por uma equipe multidisciplinar de especialistas parceiros que avaliam critérios como histórico da organização, embasamento da causa e atuação, impacto socioambiental, inovação, criatividade e visão de planos para o futuro.

Como funciona

As capacitações têm duração de um ano com aulas em setores como gestão de projetos, legislação, sustentabilidade financeira e comunicação. Os encontros, que são feitos em modo presencial e online, incentivam os participantes a criarem cenários para suas atividades de curto, médio e longo prazo, com foco na expansão de impacto. O objetivo é que, por meio do conhecimento adquirido e de atividades práticas, as organizações amadureçam e possam oferecer melhores oportunidades de futuro para as comunidades e grupos com os quais atuam.

Ao final do processo de capacitação, as iniciativas sociais precisam apresentar um projeto de expansão de impacto, que será avaliado por uma equipe de profissionais ligados ao setor. Serão avaliados critérios como qualidade da apresentação, relevância do projeto e capacidade prática de implementação. Os três projetos que mais se adequarem aos critérios exigidos recebem o investimento financeiro de R$ 10 mil mais um conjunto de horas de acompanhamento do Instituto Legado para implementar o plano ao longo do ano de 2019.

O Projeto Legado é dividido em duas fases. Na primeira, as 30 organizações selecionadas participam de atividades voltadas para o fortalecimento de impacto, estratégia e liderança. Essa etapa tem o objetivo de auxiliar na estruturação da iniciativa participante. Na fase seguinte, as organizações serão divididas em dois grupos, de acordo com a realidade e a fase de desenvolvimento. Uma parte será encaminhada para o grupo de Expansão de Impacto, visando o desenvolvimento de soluções que possam contribuir para o aumento de impacto e da sustentabilidade da atuação no longo prazo. Já o grupo de Fortalecimento Organizacional tem como objetivo auxiliar a iniciativa a se fortalecer, em termos de estrutura, organização e planejamento interno.

O Projeto Legado 2018 tem abertura oficial em março e encerramento no fim de novembro.

15/01/2018|Projeto Legado|