Em parceria com a Universidade Positivo, o curso foca nos principais conceitos e ferramentas necessários para colocar em prática negócios de impacto socioambiental positivo

Nos últimos anos, o empreendedorismo social ganhou cada vez mais destaque e relevância no cenário nacional, com negócios que pretendem unir o lucro e o impacto socioambiental. Um levantamento realizado em 2017 pelo Sebrae, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), identificou a existência de mais de 800 negócios sociais no Brasil, sendo que grande parte das fundadas nos últimos anos são startups

Para atender a crescente demanda de profissionais que desejam trabalhar com propósito, o Instituto Legado lançou em dezembro o MBA Gestão de Negócios de Impacto Social. Em parceria com a Universidade Positivo, o curso segue o sistema modular, ou seja, as disciplinas são ofertadas bimestralmente, possibilitando que o aluno comece a estudar quando e onde quiser. 

O curso proporciona acesso aos conceitos e ferramentas necessários para formar negócios que, muito além de gerarem lucro, serão capazes de transformar a realidade e gerar impacto socioambiental positivo. Os alunos terão aulas com profissionais e acadêmicos especializados, que fazem parte de ecossistema do empreendedorismo social na prática.

Conteúdo programático

Com duração de 12 meses, nove disciplinas e metodologia inovadora, o curso foi inspirado no conteúdo do livro Empreendedorismo Social e Inovação Social no Contexto Brasileiro, de autoria do Instituto Legado, e colaboração dos coordenadores e professores envolvidos. “Há um forte estímulo ao reconhecimento dos problemas do mundo atual, tornando os alunos capazes de intervir e promover transformações necessárias na realidade em que estão inseridos”, explica o presidente do Instituto Legado e professor do curso, James Marins. A cada módulo, os alunos assistem a uma vídeo-aula expositiva, na qual o professor apresenta conceitos de maneira conversada. O processo de aprendizagem inclui leituras complementares, atividades online e uma aula por videoconferência ao vivo com professores e empreendedores que são exemplos no setor social. Confira aqui a grade curricular.

Profissionalização

A coordenadora acadêmica do Instituto Legado, Daniela Souza Nunes, explica a importância de oferecer conteúdo especializado para fortalecer o ecossistema de empreendedorismo social. “Muitas vezes as pessoas entram na área social somente com aquela ideia de voluntariado, ou seja, acabam focando apenas no impacto e deixam de lado a profissionalização”, explica. Ela conta que os negócios sociais devem ser duplamente planejados, já que abordam lucro e impacto. “O MBA é um gatilho para que os empreendedores que estão envolvidos com um propósito, procurem também capacitações com conteúdo de estudos de mercado e captação de recursos”, afirma.  

Público-alvo

O curso é destinado a diferentes perfis interessados em temas relativos ao ecossistema do empreendedorismo social: aqueles que já atuam no setor como empreendedores e desejam expandir o impacto positivo de seus negócios; aqueles que buscam aprofundamento de conhecimentos para pesquisa acadêmica e ainda aqueles que atuam no mercado tradicional e buscam mais conhecimento para realizar a transição de carreira. Para se matricular basta ter ensino superior completo em qualquer área do conhecimento e morar em uma região com acesso à internet, que permita participação nas aulas. 

Programa de Mentoria 

Os alunos que participarem do MBA em Gestão de Negócios de Impacto terão acesso a um programa de mentoria exclusivo para elaborar e executar um projeto de impacto na prática. Por meio de um edital específico, os alunos serão convidados a inscrever seus projetos e os selecionados terão acesso ao Programa de Mentoria. O aluno que passar por todas as etapas do Programa e tiver seu projeto aprovado na Banca Final será convidado a fazer parte do Programa Fellows Legado, tendo acesso aos benefícios de participar da Rede de Empreendedorismo Social do Instituto Legado.

Novas tecnologias

Com a crise mundial causada pelo novo Coronavírus, as recomendações da OMS é que as pessoas sigam as regras de higiene e, principalmente, fiquem em casa. Em quarentena, as novas tecnologias digitais têm papel fundamental para que as pessoas continuem suas vidas e consigam estudar de casa. Na modalidade online, todos os interessados, em qualquer região que tenha internet, podem participar de capacitações, cursos de graduação, programas de pós-graduação e cursos livres mesmo à distância. 

No sistema modular, método adotado no curso, o próprio aluno cria sua grade curricular e estuda o que achar mais conveniente, adicionando as matérias que quiser. Além disso, pode escolher o dia e horário que preferir para fazer as disciplinas.

Tem um negócio social e quer se profissionalizar na área para gerar ainda mais impacto positivo? Saiba mais e faça a matrícula aqui!