Texto: Giovanna Fantinato

Participando do Programa Legado Semente, a Helps ajuda o usuário a tomar os remédios corretamente e evitar o desperdício  

Você sabe qual a forma correta do descarte de medicamentos? Sabe quais são os cuidados necessários ao guardar remédios em casa? O armazenamento correto e higiene da “farmacinha doméstica” são tarefas essenciais para garantir a saúde. Além disso, o descarte incorreto de medicamentos gera problemas ao meio ambiente. Foi pensando nisso que o aplicativo Helps foi criado.

Por meio do compartilhamento, a startup tem o objetivo de acabar com as farmacinhas domésticas. Para iniciar o processo de troca, é preciso que o usuário cadastre os medicamentos e quantidades a partir do código de barras. Depois, adicionar o endereço e configurar lembretes para tomar os remédios. Ao término do tratamento, o usuário compartilha os medicamentos que sobraram com outras pessoas e assim por diante.

Conforme o uso do aplicativo, a pessoa recebe pontuações que podem ser trocadas por benefícios, como medicamentos compartilhados, produtos exclusivos e cupom de descontos. Assim, a plataforma otimiza o ciclo de consumo do remédio, ajuda os consumidores a economizar e conscientiza em relação ao descarte inadequado do lixo tóxico. Além disso, o aplicativo, em parceria com a eCycle, fornece aos usuários os postos de descarte de medicamentos mais próximos de um CEP informado.

O CEO da Helps, David Cheriegate Filho, explica que a ideia do aplicativo surgiu da vontade de criar um negócio social que envolvesse a economia compartilhada. “Um dia, fui procurar um medicamento e acabei derrubando toda a caixa de remédios. Enquanto organizava, verifiquei que a maioria estava vencido”, afirma. Inconformado, foi em busca de mais informações sobre o assunto. Enquanto isso, foi moldando as funcionalidades do Helps. “Vi o potencial de gerar impacto positivo na sociedade, com objetivo de mudar esse ciclo de consumo de medicamentos”, afirma.

No aplicativo não são aceitos produtos de tarja preta ou que não estejam liberados no Brasil. O Helps alerta também ao perigo da medicação sem prescrição médica, principalmente no caso de alergias ou indisposições. Para lidar com isso, pretendem atuar no compartilhamento de informações de saúde, para promover conteúdo relacionados à interpretação da bula e os perigos do uso não supervisionado.

O aplicativo Helps é gratuito e pode ser baixado na Play Store. Para saber mais sobre a startup, acesse o site.

Legado Semente

Com o intuito de unir tecnologia e impacto socioambiental positivo, o Legado Semente é um projeto piloto de incubação para startups sociais. O programa oferece capacitações e mentorias especializadas na área de tecnologia aos empreendedores que estão em formação inicial da empresa. Participando do programa, David conta que a experiência foi um divisor de águas para a Helps. “Aprendemos a aplicar a Teoria da mudança e a importância de prototipar a solução. Inclusive muitas das funcionalidades foram testadas e simuladas antes de implementar na plataforma”, comenta. O networking também está sendo ponto importante do Programa. “O convívio com as outras startups foi muito enriquecedora para trocar experiências, ideias e dores”, conclui Cheriegate.