Foto: José Fernando Ogura

A fase de inscrições para o Projeto Legado 2020 está chegando à sua reta final. Organizações e negócios focados em impacto socioambiental positivo têm até as 23h59 do dia 31 de janeiro, sexta-feira, para tentar uma vaga no programa de aceleração que já beneficiou mais de 200 iniciativas brasileiras.

O objetivo do Projeto Legado é apoiar até 30 iniciativas com propósito socioambiental, ajudando-as no amadurecimento organizacional, na consolidação da sustentabilidade financeira e na expansão de impacto. Para participar, é preciso estar com atividades em funcionamento há, pelo menos, um ano, não ter vínculos com o poder público ou partidos políticos. A seleção dos inscritos é feita com base em sete critérios:

– Embasamento da causa e atuação: nível de entendimento do contexto do problema que tenta resolver e alinhamento entre causa e estratégia de atuação.

– Impacto: dimensão e relevância do impacto para a sociedade e o público beneficiado.

– Criatividade: capacidade de solução de problemas e criação de oportunidades.

– Visão e planos de futuro: visão da iniciativa sobre seus próximos passos, desafios e futuro esperado.

– Liderança e capacidade organizacional: forma como a iniciativa organiza suas atividades e tomadas de decisão.

– Viabilidade: modelo de como a organização visa garantir a sustentabilidade financeira da ação ao longo do tempo

– Formação de redes e advocacy: potencial de atuação com outras iniciativas que contribuam para a mesma causa e sensibilização de atores para a sua causa.

O que o Projeto Legado oferece

Ao longo de oito meses (março a outubro), os participantes passam por um processo de diagnóstico e recebe capacitações e treinamentos especializados. O time de facilitadores é formado por profissionais multidisciplinares com experiência e engajamento no setor de impacto social, seja à frente de empresas, negócios sociais, organizações da sociedade civil ou de universidades, como professores e pesquisadores. Quem entra para o programa de aceleração também passa por mentorias individuais. Outro aspecto valorizado pelo Projeto Legado é a formação e o fortalecimento de redes. Os participantes têm a oportunidade de se conectar entre si, criando parcerias estratégicas para expansão de impacto.

A cada módulo temático trabalhado ao longo das capacitações, as iniciativas de impacto passam por bancas de avaliação para mostrarem o avanço no programa e receberem feedbacks para melhorias. Ao final do processo de formação, há uma banca final para escolha dos três projetos que receberão o investimento financeiro de até R$ 10 mil.

Não perca tempo: baixe o edital do Projeto Legado 2020 e inscreva-se aqui.