Início/Rede/Liderança coletiva e empreendedora para o impacto social ecossistêmico

Liderança coletiva e empreendedora para o impacto social ecossistêmico

Assim como os encantos de uma cidade são gerados pelas pessoas e pelas organizações que ali residem e estão situadas, os desafios que nela se encontram também são uma responsabilidade de todos que ali convivem. E a boa notícia é que cada uma dessas pessoas e dessas organizações tem um potencial enorme de agir para potencializar tais encantos e solucionar tais desafios, visando um impacto econômico, social e ambiental positivo. A essa forma de agir damos o nome de “empreendedorismo social”, que consiste em uma ferramenta eficaz e essencial para o desenvolvimento integral e ecossistêmico de uma cidade.

Ao fomentar o empreendedorismo social, é importante termos consciência de que todos nós, pessoas e organizações, podemos exercer em nossas cidades uma liderança coletiva e empreendedora focada no impacto social de nossas ações. A liderança voltada ao empreendedorismo social constitui uma forma de pensar com mentalidade empreendedora para agir priorizando valor social, mobilizando outros indivíduos e iniciativas a fortalecer o impacto de suas ações, causar transformações e deixar um legado na cidade. E essa liderança deve naturalmente ser coletiva, ou ecossistêmica, de forma que todos os atores envolvidos estejam conscientes da importância do fortalecimento mútuo de suas ações. Essas, tratadas como partes complementares de um conjunto de soluções aos principais desafios e problemas de nossa cidade, impulsionarão uma forma de desenvolvimento compartilhado e sustentável em Curitiba.

A liderança coletiva e empreendedora para o impacto social permite assim a cada um dos atores envolvidos contribuir para um crescimento orgânico, ético e solidário para o meio ambiente, para as pessoas e para a sociedade. As pessoas e organizações parceiras do Instituto Legado, assim como as integrantes dos projetos de Capacitação, Educação Formal e Fortalecimento de Rede do instituto, constantemente nos estimulam e são estimuladas a compartilhar e promover os princípios de uma liderança coletiva e empreendedora socialmente. Um desses atores centrais é a Sociedade Global, cujo fundador Diego Baptista foi o incentivador dessa reflexão. A Sociedade Global é uma “facilitadora de transições”, que promove e torna realidade o impacto social via soluções co-criadas, compartilhadas e integradas.

Assim como diversas cidades do Brasil, Curitiba possui atualmente um ecossistema de impacto social sólido e consolidado, e a ação conjunta e coordenada desses atores permitirá a todos construirmos uma consciência coletiva de desenvolvimento integral para nossa cidade. Como está o ecossistema de impacto social de sua cidade? Compartilhe conosco e troquemos experiências!

*Artigo escrito por Paulo Cruz Filho, gerente executivo do Instituto Legado de Empreendedorismo Social.

22/11/2016|Rede|