A iniciativa foi uma das participantes do projeto Legado Semente, programa de aceleração de startups, que uniu inovação e impacto social

Com famílias menores e o aumento da longevidade, muitos idosos passam mais tempo sozinhos. Muito além de cuidados médicos, precisam de companhia para poder sair de casa, seja fazer compras, passeios, visitar amigos ou simplesmente ir caminhar. Foi buscando resolver esse problema que o aplicativo Broder foi criado. 

Em atuação desde junho, o app une os broders – estudantes universitários voluntários – às pessoas idosas ou com algum tipo de deficiência , que precisam de acompanhamento para atividades externas, como fazer compras, exames médicos e atividades burocráticas. O objetivo é melhorar a qualidade de vida e a liberdade dessas pessoas.

A ideia de criar o aplicativo nasceu de uma experiência pessoal. Com a mãe de 80 anos doente e com a mobilidade limitada, Eduardo Novaes Ramires, enxergou nas dificuldades uma solução. Com a perda da autonomia e cada vez mais tempo em casa, a saúde da senhora piorou. Como forma de alegrar a mãe e contornando todas as barreiras de acessibilidade da cidade, Eduardo a levava para programas fora de casa. 

Ele explica que a melhora no humor, na pressão e até mesmo na glicemia eram perceptíveis. Do cuidado com a mãe, nasceu a ideia de criar o projeto Broder. “Foi aí que eu pensei: porque não conectar universitários, cuidadosamente selecionados, a idosos e pessoas com deficiência, para levá-los a atividades externas, restaurando parte de sua autonomia e liberdade?”, questionou-se Eduardo. 

Segundo ele, o aplicativo funciona como uma via de mão dupla: a pessoa que receberá o serviço escolhe pela plataforma a categoria de serviço que deseja, o tempo de atendimento, dia e horário para encontrar o broder. O voluntário recebe a solicitação, aceita a tarefa, vai até a pessoa indicada e recebe R$ 15,00 por hora trabalhada. Os serviços devem ser solicitados pelo menos com um dia antecedência. 

Para se tornar um broder é preciso se cadastrar no site e seguir as etapas do processo seletivo. Após aprovação, a documentação pessoal dos candidatos é cuidadosamente verificada.

O aplicativo está disponível nas versões para Android e iOS.

Legado Semente

O Broder foi um dos selecionados pelo projeto de incubação de startups sociais, Legado Semente, que tem o objetivo de unir tecnologia e impacto socioambiental positivo. O programa oferece capacitações e mentorias especializadas na área de tecnologia aos empreendedores que estão em formação inicial da empresa.

Em encontros semanais, as startups selecionadas pelo projeto participaram de aulas e atividades práticas em áreas de negócios digitais, avaliação de oportunidades, formatação de modelo de negócio, monetização, aquisição de clientes, métricas e tecnologia.