Como conseguir investimento-anjo para o seu negócio de impacto

investimento-anjo

Veja quais são as estratégias para alavancar os seus projetos  

Convencer investidores e investidoras-anjo de que vale a pena apoiar seu negócio exige estratégia e muita dedicação. “Anjos” estão de olho, principalmente, se as empresas estão estruturas, inovam, seja em um produto específico ou na forma como elas impactam o mundo, e têm capacidade de escala.  

O que é investimento-anjo

O investimento-anjo, geralmente, é feito por pessoa física, através de aporte de recursos financeiros próprios. Há casos também em que o investimento é feito por pessoa jurídica. Esse investimento é destinado para empresas com faturamento abaixo de R$ 1 milhão e que precisam de aportes entre R$ 300 mil e R$ 2 milhões. As pessoas que fazem investimento-anjo vão além do dinheiro, oferecem experiência e rede de relacionamento para orientá-lo e aumentar suas chances de sucesso.

Como saber se meu negócio é atrativo?

Investidores e investidoras-anjo não costumam investir apenas em ideias. Buscam por um negócio estruturado, que esteja pronto para receber investimento e que seja escalável. Mas o que é estar pronto? É o seu negócio estar caminhando, gerando receita e com alta capacidade de crescimento. 

Caso você tenha apenas uma ideia, projeto ou invenção, a recomendação da entidade Anjos do Brasil, entidade de fomento ao investimento-anjo, é preparar um protótipo/prova de conceito do seu produto. 

O que for patenteável deve ser registrado no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI).  Também é possível procurar uma incubadora ou aceleradora para ajudar nesta fase de preparação do seu negócio. Um exemplo é o Legado Semente, programa focado em startups que tenham prevista em sua proposta de valor a solução de problemas sociais e/ou ambientais, mesmo que ainda sejam early stage, ou seja, estejam em processo de validação do modelo de negócios.

Como se destacar para conseguir investimento-anjo

Mostre que você tem profundo conhecimento sobre o seu negócio, o seu mercado e a aceitação dos clientes. Não deixe de demonstrar paixão pelo que você faz e em como o seu negócio impacta a sociedade, afinal, anjos não investem apenas nos negócios, mas nas pessoas fazem os projetos acontecerem. 

Além disso, veja as dicas abaixo:

-Procure por entidades de fomento ao investimento anjo. No país, Anjos do Brasil são referências. No Paraná, existe a Curitiba Angels, que se define como um grupo de profissionais que se orientam pela criação de valor econômico de forma ética e responsável.

-Use o LinkedIn para encontrar pessoas que façam investimento-anjo. 

-Tenha em mãos uma apresentação robusta do seu negócio com informações essenciais como a receita, a taxa de crescimento, tamanho do mercado, entre outros dados que são decisivos.  

-Busque por eventos com foco em investimento-anjo onde você possa apresentar a sua empresa. Prepare um pitch de 2 a 3 minutos. 

-Invista em comunicação digital para mostrar seu interesse em receber aporte financeiro e mostrar que o seu negócio está pronto para isso. Disparo de releases, por exemplo, e contato com a mídia especializada em empreendedorismo podem ajudar. 

Tenha em mente que até conseguir um investimento-anjo, algumas respostas negativas vão surgir. Não desanime, e continue a sua busca. 

Gostou das dicas? Fique por dentro dos nossos conteúdos sobre inovação e metodologias para gerar negócios de impacto.

Assine nossa news e receba conteúdos exclusivos de impacto social!

Últimos artigos

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp