autoconhecimento

A importância do autoconhecimento na jornada empreendedora

Descubra como a conexão com o nosso eu ajuda em seu desenvolvimento  profissional

A decisão de empreender pode parecer muito técnica em um primeiro momento: planilhas para organizar as ideias, planejamento, abertura de empresa, registro de marca e infinitas reuniões. Soma-se a isso as numerosas estratégias de marketing digital e as ferramentas para criar um site. É exatamente nesta etapa que frequentemente o empreendedor entra em contato com a missão ou propósito, visão e valor do seu negócio, simplesmente porque precisa preencher uma das páginas do site. 

Os pilares de uma empresa estão contidos nesses três pontos os quais refletem os próprios valores e ideais de quem decidiu empreendedor com propósito e se enveredar pelos negócios de impacto. Então, como priorizar esses três quesitos e não resumi-los a um texto para uma aba de site? Reconhecendo a importância do autoconhecimento na jornada empreendedora.

O autoconhecimento nos ajuda a entrar em contato com o nosso interior, nossas complexidades e dilemas. É uma viagem interna desconfortável por ser difícil nos enxergar como pessoas falhas e seres errantes. A nossa tendência é buscar a perfeição em vez de nos aperfeiçoarmos – e isso é para a vida toda. Não pense que autoconhecimento é papo cabeça entre amigos que fazem terapia. Também é isso, mas através dele aprendemos a lidar com as nossas emoções. Isso é fundamental para o equilíbrio profissional e pessoal. 

Em artigo publicado no portal Notícias de Impacto, a co-fundadora do Instituto Legado, Glaucia Marins, afirma que sem autoconhecimento ficamos desconectados de quem somos de fato. “Acredito que nossa consciência só passará a nos pertencer a partir do momento que fizermos essa viagem, a meu ver espetacular, para dentro de nós mesmos”, afirma. 

Gláucia explica qual é o papel dos fatores externos na busca pelo autoconhecimento. “Somos parte de uma massa inconsciente, somos formados por pensamentos criados por outros e que viralizam na internet, que absorvemos como nossos, para nos sentirmos parte de grupos, de clubes, nos sentirmos seguros”. E acrescenta: “No entanto, eles não passaram pelo nosso crivo íntimo, apenas pelo crivo social de expectativas dos grupos. Em suma, somos o querem que nós sejamos, sem maiores avaliações, uma geração de “copia e cola”.

Com o ano de 2020 chegando o fim, mesmo ainda enfrentando a pandemia da covid-19, faça uma autoavaliação e se conecte com quem você é de fato. 


Mude a rota no próximo ano

Se você quer transformar a sua trajetória em 2021 e começar a empreender socialmente, precisa começar definindo qual é o seu propósito. Logo, antes de responder qual é a missão, visão e valor do seu negócio, faça essas perguntas a você mesmo com foco no legado que você gostaria de deixar para as próximas gerações. Esse exercício de autoconhecimento é fundamental para criar metas, definir estratégias e não perder a vontade de mudar o mundo.

Autoconhecimento e escrita terapêutica 

A escrita é um processo terapêutico utilizado para reorganizar os pensamentos e liberar as emoções sem julgamentos. Seja em um diário, bloco de notas no computador ou caderno – separe um momento do dia para escrever. Coloque os seus planos e sonhos para fora. Fale sobre o que te motiva, o que te deixa grata; desenhe e faça colagens para incentivar criatividade. Não deixe os medos de fora, eles vão dizer o que te angustia. Escreva ainda sobre os próximos passos que você deseja trilhar e suas metas para o próximo ano. 

Olhe para dentro de você 

Uma das ferramentas de gestão para planejamento estratégico é o SWOT ou FOFA. A sigla SWOT significa: Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças); e FOFA: (Forças, Oportunidades, Fraquezas e Ameaças). A proposta que fazemos é a de usar essa essa ferramenta para avaliar os seus aspectos internos e externos. Pergunte-se: Onde está sua força? Quais são as suas fraquezas? Onde estão suas oportunidades? O que te ameaça? Isso ajudará no seu desenvolvimento pessoal que consequentemente impactará o seu desempenho profissional. 

A partir dessas ferramentas a jornada pelo empreendedorismo será mais assertiva e motivadora. Saber aonde a gente quer chegar deixa o caminho mais leve apesar dos obstáculos. Lembre-se: a resposta está dentro de você. 

Nós podemos apoiar sua jornada empreendedora! Conheça os programas de aceleração que o Instituto Legado oferece gratuitamente para empreendedores de iniciativas de impacto social

Texto: Mari Cavalcante

Assine nossa news e receba conteúdos exclusivos de impacto social!

Olá! Preencha os campos abaixo para iniciar a conversa no WhatsApp