O trabalho no setor de impacto social inclui uma série de desafios. Engajamento de equipes, definição do modelo de negócios, expansão de impacto e, principalmente, sustentabilidade financeira são algumas das dúvidas que os empreendedores sociais encontram ao longo do caminho. É para ajudá-los que existem as aceleradoras, iniciativas que, como o nome diz, apoiam organizações, empresas e startups para que elas se desenvolvam.

Desde 2013, o Instituto Legado mantém um programa que capacita e investe em iniciativas socioambientais – o Projeto Legado, que já apoiou 160 projetos do país, entre Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina. O processo seletivo para a turma 2019 já começou e vai selecionar 25 iniciativas com capacidade para tornarem-se ou terem negócios sociais, ou seja, negócios que geram impacto social positivo ao mesmo tempo em que geram lucro, o que garante a sustentabilidade financeira necessária para manter as atividades e atingir ainda mais pessoas. O edtital também prevê a seleção de de até cinco startups sociais, para participarem de um projeto piloto de incubação.

As inscrições para a sétima edição do Projeto Legado ficam abertas até 10 de fevereiro. Para as organizações que ainda têm dúvidas se devem participar do programa, nós selecionamos cinco motivos especiais para não perderem essa chance!

1 – Mais de 80 horas de capacitação

O Projeto Legado oferece mais de 80 horas de capacitação. No calendário de atividades estão previstas capacitações como aspectos jurídicos, gestão de projetos, design thinking, comunicação e marketing e sustentabilidade financeira.

2 – Feedback dado por especialistas

Ao longo do programa, os empreendedores sociais passam por bancas avaliadoras com profissionais quem atuam diretamente no ecossistema de empreendedorismo social ou têm ampla experiência no apoio a empreendedores sociais. Professores, mestres e doutores fazem parte da equipe de avaliadores.

3 – Mentorias individuais

Além dos conteúdos das capacitações, o Projeto Legado oferece mentorias exclusivas com profissionais que acompanham os projetos individualmente para tirar dúvidas e dar todo o suporte necessário para garantir uma experiência transformadora.

4 – Investimento financeiro

Ao final do processo de aceleração, os empreendedores apresentam seus projetos a uma banca final. As três melhores apresentações, com mais potencial para aplicação, expansão e retorno, recebem o investimento financeiro de R$ 10 mil.

5 – Networking

No Projeto Legado, os empreendedores têm acesso a uma rede com mais de 150 iniciativas de impacto socioambiental. Eventos, oficinas especiais e muitas conexões de impacto esperam por você!

BÔNUS: As capacitações do Projeto Legado são totalmente gratuitas

Não é preciso pagar nada para ter acesso a todos os benefícios da aceleração! O que você está esperando? Inscreva agora a sua organização e venha fazer parte do Movimento Transformador Massivo.

Baixe o edital Projeto Legado 2019