Iniciativas sociais que ainda não se inscreveram no edital 2018 do Projeto Legado terão uma nova chance. As inscrições foram prorrogadas e podem ser feitas até o dia 25 de fevereiro. Nesta edição, 30 organizações de impacto socioambiental de todo o país terão a oportunidade de receber um ano de capacitações gratuitas com uma equipe de especialistas que atuam nas mais diversas áreas do empreendedorismo social. 

Desde 2013, o Projeto Legado já atendeu 100 organizações de cidades como Palmeira, Guarapuava, Maringá, Piên, Paranaguá, Belo Horizonte, além de Curitiba e região metropolitana. Já passaram por aqui projetos como Pequeno Cotolengo, Freguesia do Livro, CADI, Badu Design, Pontes de Amor, Unidos pela Vida, Linyon, Projeto Manancial, Barco Sorriso e Parceiros do Mar. São mais de 500 empreendedores capacitados e milhares de vidas transformadas em trabalhos que envolvem meio ambiente, saúde, assistência social, educação, empreendedorismo feminino, desenvolvimento humano, entre outros.

O objetivo do programa é formar lideranças engajadas em transformar realidades oferecendo as ferramentas necessárias para isso. Ao longo de um ano, as organizações têm aulas em áreas como legislação, sustentabilidade financeira, gestão de projetos e comunicação. Além disso, são motivados a criar conexões fazendo parte de um forte ecossistema de empreendedorismo social.

Como se inscrever

Podem participar do Projeto Legado associações, organizações não governamentais, fundações, institutos e negócios sociais com, no mínimo, um ano de funcionamento. Os interessados devem preencher um questionário online no site do Instituto Legado e enviar um vídeo de 2 minutos. Tanto o processo de inscrição quanto a participação do programa são totalmente gratuitos. O edital completo, com todos os pré-requisitos e exigências, pode ser acessado na página institutolegado.org/pl18/